Proprietários exigem ordenados de 2500€ a quem quiser alugar uma casa de 800€

A nossa equipa ligou para dezenas de proprietários de norte a sul do país, e em todos os casos a proposta foi a mesma.


Para alugar um T0 nos subúrbios de Lisboa sem garagem e com renda de 850€, foi nos pedido um rendimento mensal de 2500€ (aplicando uma versão arredondada da taxa de esforço a 30%), 3 anos de IRS, declaração da entidade patronal, e ainda, fiador. Para além dos 2 meses adiantados e 2 meses de caução.

Numa outra casa T1  em Setúbal, não mobilada, sem garagem e num prédio já antigo, foi nos pedido 920€ de renda, 3 meses adiantados e 2 de caução. Para além disto foi nos exigido o rendimento mínimo mensal à volta dos 2900€ e fiador.

A situação continua por todo o país e é uma epidemia que há muito já se espalhou. Para além dos requisitos desproporcionais, os preços absurdos continuam a inflacionar independentemente da qualidade da habitação, e os proprietários têm a liberdade de subir os preços e os requisitos até onde lhes apetecer, quando por muitas das vezes o próprio arrendamento está numa situação ilegal.

Com o aumento da imigração prevê-se que esta situação apenas piore, tirando assim ao povo Português a pouca liberdade e independência que lhe restava. Os jovens já não conseguem arranjar casa, e os mais velhos não conseguem continuar a pagá-la.

Também pode interessar:

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.