Universidade do Minho está a recrutar (2.128,34 Euros)

AVISO DE ABERTURA DE PROCEDIMENTO CONCURSAL DE SELEÇÃO INTERNACIONAL PARA A CONTRATAÇÃO


1. Doutor Rui Manuel Costa Vieira de Castro, Professor Catedrático e Reitor da Universidade do Minho, no uso de competência própria, nos termos do disposto na alínea d) do n.º 1 do artigo 92.º da Lei n.º 62/2007, de 10 de setembro, e na alínea d) do n.º 1 do artigo 37.º dos Estatutos da Universidade do Minho, aprovados pelo Despacho Normativo n.º 13/2017, publicado no Diário da República, 2.ª série, n.º 183, de 21 de setembro, faz saber que, pelo prazo de 15 (quinze) dias úteis contados a partir do dia útil imediato àquele em que o presente Aviso de Abertura for publicitado, se encontra aberto concurso, de âmbito internacional, para recrutamento na modalidade de contrato de trabalho a termo incerto, celebrado ao abrigo do Código do Trabalho, de 1 (um) lugar de Investigador Doutorado para o exercício de atividades de investigação científica e desenvolvimento tecnológico na área científica das Ciências Biomédicas, no âmbito do projeto intitulado “Macrophage-secreted mediators as therapeutic strategy for preterm lung maturation”, com a referência PTDC/MED-FSL/28113/2017, financiado pelos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) e pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P. (FCT), com vista a desenvolver as seguintes atividades:
(i) O projeto tem como finalidade descobrir novas estratégias terapêuticas que potenciem a maturidade pulmonar no parto prematuro;
(ii) Pretende-se o desenvolvimento de novas terapias promotoras da diferenciação e maturação pulmonar com base no secretoma e nas vesículas extracelulares de macrófagos geneticamente modificados derivados de células estaminais pluripotentes.

2. Legislação aplicável: O presente concurso rege-se pelas disposições constantes do Decreto-Lei n.º 57/2016, de 29 de agosto, alterado pela Lei n.º 57/2017, de 19 de julho [que aprova um regime de contratação de doutorados destinado a estimular o emprego científico e tecnológico em todas as áreas do conhecimento (RJEC), pelas disposições do Código do Trabalho, aprovado pela Lei n.º 7/2009, de 12 de fevereiro, na sua redação atual, e pela demais legislação e normas regulamentares aplicáveis.

3. Local de Trabalho: O local de trabalho situa-se no Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS), da Escola de Medicina (EM) da Universidade do Minho (UMinho), no Campus Gualtar, em Braga.

4. Remuneração mensal: A remuneração a atribuir é a prevista no Decreto Regulamentar n.º 11-A/2017, de 29 de dezembro, correspondente ao nível remuneratório 33 da TRU (2.128,34 Euros).
Podes consultar toda a informação e saber como concorrer aqui.

Também pode interessar:

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.