Despedido após 24 anos de trabalho. Motivo? Tinha um curso superior

Vinculado a uma empresa durante 24 anos, acabou despedido por ter ocultado o seu nível de ensino.


Segundo revela o "The Japan Times", um funcionário do escritório municipal de abastecimento de água em Kobe, uma cidade no japão, mas viu o seu contrato ser cancelado e despedido, porque em 1996, ocultou que tinha frequentado um curso no Ensino Superior, durante quatro anos.

Fez a sua candidatura em meados de 1996, a uma vaga que se destinava a um candidato com o nível máximo de Ensino Secundário. O homem, que tinha um curso superior, ocultou esse facto e concorreu apenas como tendo o ensino secundário. Durante 24 anos foi funcionário da empresa, mas agora, resultou em despedimento.

Agora, com 48 anos, o japonês revela que, quando concorreu à vaga, não imaginou que o nível de ensino fosse um problema para a situação, apenas o ocultou porque não era pedido um nível superior ao ensino secundário.

A empresa já tinha descoberto um caso semelhante em 2006, e, que vários funcionários tinham dado informações falsas acerca da sua formação e acabaram despedidos. Após isso, voltou a questionar os seus trabalhadores acerca das suas formações, e este homem voltou a ocultar o seu nível de ensino.

Desta vez, a empresa acabou por receber uma notificação anónima que revelava a verdade acerca da formação do trabalhador e uma investigação consequente acabou por resultar no seu despedimento.

Também pode interessar:

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.