Nokia abriu mais de 30 vagas de emprego em Portugal


A Nokia foi fundada em 1865 e ganhou destaque nos finais dos anos 90 e inicio do século XXI com os seus famosos telemóveis.


A companhia focou-se em vários ramos de negócios ao longo dos seus mais de 150 anos de história. Originalmente, começou como uma fábrica de papel, focando-se atualmente em infraestruturas de telecomunicações, sendo um dos três grandes players mundiais na indústria. A par do anterior foca-se também no desenvolvimento de tecnologia avançada e licenciamento de patentes. A Nokia é também um dos maiores contribuintes para o setor de telefonia móvel, tendo ajudado a desenvolver as redes standard de GSM e LTE, e sido também, por um grande período de tempo, a maior fabricante de telemóveis no mundo, bem como de smartphones, inicialmente com o sistema Symbian OS, sendo que em 2012 veio a ser ultrapassada pelos seus rivais, estando já a utilizar o sistema Windows Phone da Microsoft desde 2011, em exclusividade. As vendas de celulares e o valor de suas ações em Bolsa vieram a cair a pique, pelo que a divisão de dispositivos e serviços da empresa começou a apresentar elevados prejuízos para toda a corporação. Por isso, o quadro de diretores da empresa acordou, a 3 de setembro de 2013, a venda da divisão de aparelhos móveis da Nokia por cerca de US$ 7,2 mil milhões de dólares à Microsoft.

A Microsoft passou a controlar a Divisão de Dispositivos e Serviços da Nokia a partir do dia 25 de abril de 2014, que foi renomeada de Microsoft Mobile Oy. Em outubro de 2014, a Microsoft anunciou que o Nokia Lumia 730/735 e o Nokia Lumia 830 seriam os últimos smartphones fabricados pela empresa a ostentar o nome Nokia. A marca finlandesa continuou, no entanto, a ser utilizada nos celulares básicos.

Desde a venda da sua divisão de celulares, a Nokia começou a dar mais foco ao seu negócio de infraestruturas de telecomunicações, marcado pela venda da divisão HERE, e pela compra da Alcatel-Lucent, por 15,6 mil milhões de euros, tornando-se a maior fornecedora mundial de equipamentos móveis. A par disto, a companhia desenvolveu o seu negócio de patentes e tecnologia avançada, focando-se na realidade virtual, com o lançamento da primeira câmara especialmente concebida para o efeito, o OZO, e na aposta em tecnologia da saúde, com a compra da empresa francesa Withings, por exemplo.

Mais recentemente, a Nokia anunciou o regresso ao mercado de celulares ao abrigo de um acordo de licenciamento de marca e de patentes à HMD Global. Fundada por antigos funcionários da Nokia, localizada no mesmo parque empresarial da Nokia, a HMD Global comprometeu-se a fazer renascer a mítica marca de celulares, com a primeira apresentação de novos dispositivos no dia 26 de fevereiro de 2017, no MWC2017. Em 2020 a marca Nokia, já se encontrava no top 10 no ranking mundial de vendas de smartphones, bem como no top 5 no mercado europeu, sendo o segundo maior fabricante do mundo de feature phones.

Todas as ofertas de emprego que estão disponíveis para trabalhar na NOKIA em Portugal podem ser consultadas, assim como efetuar a sua candidatura, aqui.

Também pode interessar:

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.