Governo vai proceder à contratação de mais 261 novos profissionais para reforçar a capacidade de resposta do INEM

Governo vai proceder à contratação de mais 261 novos profissionais para reforçar a capacidade de resposta do INEM


Atendendo à prioridade assumida de reforço do SNS, tornando-o mais robusto e capaz de responder, em tempo útil, aos desafios da pandemia e também das necessidades de cuidados de saúde não- COVID, o Governo prossegue a sua política de contratação de profissionais de saúde, prevendo-se a contratação líquida de 4200 novos profissionais em 2021. Adicionalmente e, reconhecendo-se o enorme contributo que a emergência médica pré-hospitalar desempenha no processo assistencial global, o Governo prossegue a política de reforço da capacidade de resposta do INEM através da contratação de mais 261 novos profissionais.

O caminho para a melhoria da gestão dos recursos do SNS não se esgota na revisão do seu modelo de governação. O Governo pretende também imprimir um novo ímpeto ao exercício de revisão da despesa, implementando um conjunto de iniciativas com potencial significado na melhoria da eficiência do SNS.

A capacidade de resposta do SNS será robustecida, dando-se cumprimento, como previsto no Plano de Melhoria da Resposta do SNS, à contratação de cerca de 8.400 profissionais de saúde, num quadro bienal, reforçando-se o investimento em instalações e equipamentos e melhorando o acompanhamento, monitorização e avaliação do desenvolvimento das funções de gestão nas entidades públicas empresariais hospitalares.


Também pode interessar:

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.