Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social: Procuram-se colaboradores do 12º ano ao ensino superior - Última Hora

O Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, é um instituto público integrado na administração indireta do Estado, com autonomia administrativa e financeira, personalidade jurídica e património próprio.


A Segurança Social Portuguesa é composta por três sistemas:
Sistema de proteção social de cidadania: tem por objetivo garantir direitos básicos dos cidadãos e igualdade de oportunidades, bem como promover o bem-estar e a coesão sociais. É composto por três subsistemas:
  • Subsistema de ação social: tem como objetivos fundamentais a prevenção e reparação de situações de carência e desigualdade socioeconómica, de dependência, de disfunção, exclusão ou vulnerabilidade sociais, bem como a integração e promoção comunitárias das pessoas e o desenvolvimento das respetivas capacidades. Assegura ainda especial proteção aos grupos mais vulneráveis, nomeadamente crianças, jovens, pessoas com deficiência e idosos, bem como a outras pessoas em situação de carência económica ou social;
  • Subsistema de solidariedade: destina-se a assegurar — com base na solidariedade de toda a comunidade — direitos essenciais por forma a prevenir e a erradicar situações de pobreza e de exclusão, bem como a garantir prestações em situações de comprovada necessidade pessoal ou familiar, não incluídas no sistema previdencial. Pode abranger também — nos termos a definir por lei — situações de compensação social ou económica em virtude de insuficiências contributivas ou prestacionais do sistema previdencial;
  • Subsistema de proteção familiar: visa assegurar a compensação de encargos familiares acrescidos quando ocorram as eventualidades legalmente previstas.
  • Sistema previdencial: visa garantir — assente no princípio de solidariedade de base profissional — prestações pecuniárias substitutivas de rendimentos de trabalho perdido em consequência da verificação das eventualidades legalmente definidas;
  • Sistema complementar: compreende um regime público de capitalização e regimes complementares de iniciativa coletiva e de iniciativa individual.

A Segurança Social é deduzida parte de todos os rendimentos ou proveitos de trabalhadores dependentes, independentes ou pessoa colectiva, de modo a criar um fundo comunitário. Este fundo vale a situações de desemprego, reformas pensionárias, salário mínimo garantido, Prestações Familiares, cuidados de saúde e outras regalias sociais.

Funções em algumas das oportunidades (Mobilidade 12º ano)

- Assegurar o processamento de vencimentos, abonos, comparticipações e descontos no Programa SRH – Sistema de Recursos Humanos;
- Assegurar o cálculo, processamento e controlo dos valores a pagar a título de trabalho suplementar;
- Executar, processar e controlar as penhoras de vencimentos;
- Proceder à inscrição dos trabalhadores nos organismos de proteção social, designadamente a Caixa Geral de Aposentações e Segurança Social e assegurar o tratamento de dados daí decorrentes;
- Emitir guias de pagamento dos descontos obrigatórios, nomeadamente, Segurança Social; Caixa Geral de Aposentações, ADSE, penhoras e pensões de alimentos;
- Acompanhar o controlo da assiduidade e pontualidade dos trabalhadores do IGeFE, IP;
- Controlar as faltas e licenças do pessoal, e lançar os atestados no cRHonus;
- Atualizar e Integrar dados relativos à assiduidade, férias, faltas e licenças no SRH;
- Controlar os prazos e lançar os pedidos de juntas Médicas na ADSE;
- Realizar atendimento telefónico e presencial a todos os trabalhadores do IGeFE, IP;
- Gerir a correspondência de entrada do NRH e posterior arquivo no smartDOCS®;
- Recolher a informação necessária à gestão de recursos humanos do IGeFE, IP;
- Manter atualizadas as bases de dados e os processos individuais dos trabalhadores do IGeFE, IP.


Habilitação Literária:

12º ano (ensino secundário)

Outros Requisitos:

- Conhecimentos e experiência no processamento de vencimentos;
- Conhecimentos e experiência na gestão da Assiduidade – férias, faltas e licenças;
- Experiência e formação profissional, devidamente comprovadas, nas áreas administrativas de Recursos Humanos;
- Conhecimentos de software na ótica do utilizador, nomeadamente, SRH, Outlook, Word, Excel e Access;
- Capacidade de trabalho em equipa e Cooperação;
- Capacidade de comunicação;
- Iniciativa e Autonomia;


Caracterização do Posto de Trabalho (Procedimento Concursal Comum - Licenciatura):

  • Exercício de funções da carreira técnica superior, com o grau de complexidade 3, a afetar à Direção de Gestão de Imóveis da Direção de Gestão de Imóveis - Sul, integrada no Departamento de Património Imobiliário:
  • Propor e acompanhar a implementação de obras de conservação e manutenção dos imóveis, elaborar e acompanhar processos de contratação pública, elaborar relatórios técnicos, realizar vistorias e fiscalizações de empreitadas, participar na elaboração e implementar os planos de valorização do património, determinar e atualizar o estado de conservação dos imóveis nos sistemas de informação, garantir a atualização dos pedidos de intervenção nos sistemas de informação, analisar e resolver os pedidos de intervenção e resposta às solicitações.

 Remuneração: 1.215,93€


 Como se candidatar:

  • Poderá consultar todas as restantes informações e métodos de candidatura em Bolsa de Emprego Público (BEP), ou alternativamente aqui.





Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.