Fábricas e armazéns procuram colaboradores em várias áreas e salários podem ser acima de 1200€ - Última Hora

Algumas fábricas e armazéns em vários pontos do país procuram pessoal.

Uma fábrica é um edifício industrial onde trabalhadores manufaturam bens ou supervisionam o funcionamento de máquinas que processam um produto, transformando-o em outro. Possuem armazéns e depósitos com equipamentos pesados, utilizados na produção da linha de montagem. Arquetipicamente, as fábricas acumulam e concentram recursos - trabalhadores, capital e a infraestrutura local.

Um armazém é um espaço físico onde se guardam matérias-primas, produtos semiacabados ou acabados à espera de ser transferidos ao seguinte ciclo da cadeia de distribuição. Serve também como regulador do fluxo de mercadorias entre a disponibilidade (oferta) e a necessidade (procura) de fabricantes, comerciantes e consumidores. Nestas instalações, procede-se à recepção da mercadoria (seja ela matéria-prima, produtos semiacabados ou acabados), à sua arrumação, conservação, realização da função picking e expedição. Muitas vezes, a paragem é aproveitada para se lhe incorporar valor. Isto pode fazer-se por via de personalização do produto, acabamentos finais, embalamento e rotulagem, entre outras operações.

Estas instalações dependem muito da necessidade de cada organização podendo ser depósitos próprios, depósitos públicos e depósitos contratados. Cada alternativa oferece diferentes níveis de custos, riscos e envolvimento gerencial.

Um depósito próprio é operado pela empresa proprietária da mercadoria. As instalações físicas podem ser próprias ou alugadas.

Já os depósitos públicos estão bastante difundido sendo possível encontrar diversos tipos de depósitos públicos, entre eles os para cargas gerais, frigorificados, commodities, utilidades domésticas e mobiliário e para granéis.

E os depósitos contratados são capazes de assumir responsabilidade total pela logística, para empresas que desejam apenas produzir e vender.

Um armazém deve ser localizado de preferência em locais isolados ou destinados ao desenvolvimento de actividades industriais, evitando-se locais nas proximidades de casas, escolas, áreas comerciais, hospitais e zonas muito habitadas. Deve também evitar-se localizar o armazém em zonas propícias a inundações, fogos e outras catástrofes naturais. O armazém, numa situação ideal, deve estar isolado de outros locais que o rodeiam, a uma distância mínima de 10 metros, e deve proporcionar vias adequadas para o carregamento e descarregamento dos vários veículos de transporte. Devem existir pelo menos duas entradas de acesso ao armazém, isto para que os veículos de emergência ou outras equipas, tenham acesso a este em situação de perigo.

Atualmente, Fábricas e armazéns de vários tipos e de todo o país estão a procurar novos trabalhadores para integrar as suas equipas. Procuram engenheiros, técnicos de controlo de qualidade, operadores de produção, de triagem, polivalente, de máquinas, de manutenção, entre muitas outras áreas. As fábricas nacionais são uma excelente fonte para o nosso país, sendo uma excelente opção integrar uma fábrica portuguesa. Há vagas para fábricas de vários tipos, para o fabrico de diversos produtos, de diferentes materiais.



Funções em algumas das vagas(4º ano a 12º ano):
- Gerir e controlar o stock de materiais e consumíveis afetos à área de manutenção
- Efetuar encomendas, rececionar, conferir e armazenar o material, de acordo com as características dos mesmos
- Participar no processo de cargas e descargas de material e de equipamentos
- Manter o armazém limpo e organizado
- Trabalhos em linha de produção;
- Zelar pela segurança e higiene do seu posto de trabalho;
- Outras tarefas inerentes à função.
- Manutenção corretiva e preventiva de toda a maquinaria da linha de produção e de toda a área fabril envolvente;
- Conhecimentos de eletricidade e manutenção;
- Experiência em ambiente industrial;
- Capacidade de trabalhar em equipa;


Funções em algumas das vagas (Ensino Superior):
• Planear e desenvolver atividades de prevenção e proteção de riscos e doenças profissionais;
• Identificar perigos e avaliar riscos;
• Seguir monitorizações (agentes químicos, físicos e biológicos) e controlos obrigatórios em campo (como ATEX e verificação de equipamentos de trabalho);
• Definir e acompanhar ações corretivas em caso de desvio aos requisitos legais e/ou normativos;
• Elaborar documentação para satisfação do cumprimento legal e normativo nas áreas da Segurança e Saúde no trabalho;
• Avaliar a matriz de legislação aplicável à Organização (avaliação de conformidade legal);
• Planear e executar ações de formação/sensibilização aos colaboradores;
• Acompanhar auditorias, visitas ou inspeções às áreas fabris;
• Planear a investigação de acidente/incidentes;
• Gerir a resposta à emergência;
• Definir e seguir indicadores Lagging / Leading;
• Cooperar com a equipa de medicina no trabalho e clientes internos da Organização.


Perfil para algumas das vagas (Ensino Superior):

• Licenciatura ou Mestrado; 
• Curso de Técnico de Segurança no Trabalho (nível IV ou nível VI);
• Experiência em função similar;
• Comprovativo de atualização científica e técnica, através da frequência de formação contínua correspondente a pelo menos, 30 horas, nos últimos 5 anos;
• CAP de Formador;
• Conhecimentos da língua inglesa;
• Conhecimentos de Sistemas de Gestão (norma da Segurança OHSAS 18001 ou ISO 45001);
• Preferencialmente com conhecimentos das normas da Qualidade – ISO 9001 e Ambiente – ISO 14001 e/ou experiência de trabalho nestas áreas;
• Boas competências de comunicação, autonomia e orientação para resultados;
• Bom relacionamento interpessoal e para o trabalho em equipa multidisciplinar 


As habilitações literárias exigidas dependem da entidade empregadora, sendo que em alguns casos essas habilitações são completamente ignoradas, assim como em outros casos exigem o 4.º, 12.º ano ou ensino superior. Em relação à experiência anterior também é variável tal como as habilitações literárias. Em alguns casos a experiência em cargos semelhantes é exigida e noutros casos apesar de não ser obrigatória acaba por ser sempre uma mais valia. Em relação aos salários praticados varia de acordo com as horas de trabalho de cada funcionários sendo que pode variar entre os 815€  e os 1400€ (Full-time)mensais brutos dependendo da função e nível educacional exigido.  Poderá consultar as oportunidades aqui.





Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.