Na Bélgica procuram-se fluentes em Português e outras línguas (Salários acima de 2.800) - Última Hora

Na Bélgica algumas empresas encontra-se a procurar pessoal fluente em português e outras línguas.



Embora muitas das oportunidades sejam para fluentes em português, a Bélgica tem três idiomas oficiais, que estão na ordem da população falante nativa na Bélgica: o neerlandês, francês e alemão. Um certo número de línguas minoritárias não oficiais são faladas também.

Como não existe censo, não existem dados estatísticos oficiais sobre a distribuição ou o uso das três línguas oficiais da Bélgica ou de seus dialetos. No entanto, vários critérios, incluindo a língua(s) dos pais, da educação, ou do estatuto de segunda língua de origem estrangeira, podem fornecer valores sugeridos. Uma estimativa de 59%  da população belga fala holandês (muitas vezes coloquialmente referido como "flamengo") e o francês é falado por 40% da população. O total de falantes do holandês é de 6,23 milhões, concentrados na região da Flandres no norte, enquanto os falantes de francês compreendem 3,32 milhões na Valônia. A Comunidade de língua alemã é composta de 73 mil pessoas no leste da Região da Valônia, cerca de 10 mil alemães e 60 mil cidadãos belgas são falantes do alemão. Cerca de 23 mil falantes do alemão vivem em municípios próximos a comunidade oficial germanófona.

Tanto o Francês Belga quanto o Holandês Belga têm diferenças menores em nuances de vocabulário e semântica das variedades faladas, respetivamente, na Holanda e na França. Muitas pessoas ainda falam dialetos flamengos em seu ambiente local. Dialetos da região da Valónia, juntamente com a língua picarda, não são utilizados na vida pública.


Funções para algumas das vagas:
  • Responsável por seguir os parâmetros qualitativos corretos
  • Responsável por seguir o planejamento na velocidade padrão
  • Garantir que o planeamento seja seguido na velocidade padrão.
  • Funções inerentes a eletricista em edifícios habitacionais e comerciais;
  • Realizar tarefas relativas à assistência técnica e controle dos trabalhos agrícolas. Nomeadamente, apanha de legumes e/ou frutas e todas as funções inerentes, à categoria profissional.
  • Posicionamento de caixas de frutas em paletes
  • Andar pelo pomar com um saco de colheita, o peso máximo é de 10 kg - esvaziando em caixotes grandes de vez em quando
  • Se a sacola de coleta for muito pesada, você poderá trabalhar com uma cesta de coleta em um trenó.

Perfil em algumas vagas:
  • Pessoa dinâmica, responsável, assídua e pontual:
  • Robustez física.
  • Disposição para trabalho em pé
  • Conhecimento básico de inglês
  • Boa resistência física
  • Experiência em realizar trabalhos de gruista;
  • CAP ou Certificado de Gruista (Obrigatório);
  • Boa capacidade de trabalho em equipa;
  • Boa capacidade de comunicação e relacionamento interpessoal;
  • Dinâmico e autónomo;
  • Documentação válida;
  • Carta de condução (Preferencial).

Algumas das Condições:
  • O salário inicial é de 18,19/hora + 10% de bónus de turno.
  • Receberá formação e a oportunidade de se desenvolver para se tornar um especialista em seu trabalho.
  • Após um período interino bem sucedido, oferecemos-lhe um contrato com condições motivadoras.
  • Acomodação organizada pela empresa - a descontar semanalmente
  • Pagamentos Semanais
  • Contratos Belgas
  • Seguro de Saúde e Acidentes de Trabalho
  • Bónus de Turno
  • Outros Benefícios Relativos ao Código da Lei do Trabalho Belga

Os belgas têm sido fortes defensores da integração europeia e a maioria dos aspectos das suas políticas externa, económica e comercial são coordenados através da União Europeia (UE). A união aduaneira da Bélgica no pós-guerra com os Países Baixos e Luxemburgo abriu o caminho para a formação da Comunidade Europeia (precursora da UE), da qual a Bélgica foi membro fundador. Bruxelas é considerada a "capital" de facto da UE, com uma longa história de acolhimento de várias das principais instituições da UE, como as sedes oficiais da Comissão Europeia, do Conselho da União Europeia e do Conselho Europeu, bem como uma das sedes do Parlamento Europeu. Em 2013, esta presença gerou cerca de 250 milhões de euros (8,3% do PIB regional) e 121 mil empregos (16,7% do emprego regional). Pode consultar vagas disponíveis para trabalhar na Bélgica no linkedin ou alternativamente aqui.


Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.