Ministério das Finanças divulgou novos concursos em aberto para os seus quadros na função pública.

Novos concursos desde Mobilidade Interna até Contrato Individual de Trabalho em aberto no Ministério das Finanças.




Construir uma carreira no Ministério das Finanças em Portugal representa uma oportunidade singular para contribuir diretamente para a administração e a estratégia financeira do país. Os profissionais que optam por trabalhar nesta instituição desempenham um papel central na definição de políticas económicas, na gestão dos recursos públicos e na promoção da estabilidade financeira.

Exercer funções no Ministério das Finanças pode exigir dependendo do cargo uma profunda compreensão dos princípios económicos, das leis fiscais e das políticas financeiras. Competências analíticas, capacidade de resolução de problemas e um pensamento estratégico revelam-se fundamentais para enfrentar as complexas vicissitudes deste ambiente.

Caracterização do Posto de Trabalho em alguns concursos (Licenciatura):

  • Implementar as melhores práticas em relação ao levantamento, análise integrada e mapeamento dos processos de negócio, identificando os seus pontos críticos;
  • Propor a redefinição de processos melhorando a sua eficiência, analisando o impacto operacional das mudanças e avaliando os seus custos e benefícios com base na definição de indicadores, objetivos e metas;
  • Contribuir para o estabelecimento de métricas e indicadores para monitorizar o desempenho (KPI), propondo a criação de dashboards e reports;
  • Monitorizar, reportar e analisar, em colaboração com as áreas de negócio, as tendências de evolução e as causas de desvios nos indicadores em relação às metas, propondo ações de melhoria;
  • Apoiar as iniciativas de transformação digital, otimização e automatização dos processos de negócio procurando assegurar o seu êxito. Para o efeito, deve envolver-se na identificação de oportunidades de melhoria dos processos, geração de ideias, validação de conceitos, desenvolvimento de business case, planeamento, execução dos projetos e comunicação com as principais partes interessadas, incluindo a administração, parceiros e fornecedores;
  • Criar e manter atualizada a documentação dos processos de negócio, incluindo a elaboração e revisão de normativo e procedimentos internos;


Para além da influência direta sobre as decisões económicas do país, os profissionais que integram o Ministério das Finanças beneficiam de um contexto laboral desafiador e enriquecedor, juntamente com oportunidades formativas e de progressão na carreira.

Para ingressar no Ministério das Finanças, pode ser em alguns casos necessário deter formação pertinente em áreas como Economia, Finanças ou Direito. Através de concursos públicos e procedimentos de seleção criteriosos, os candidatos são escolhidos com base nas suas qualificações, experiência e competências.

Trabalhar no Ministério das Finanças em Portugal proporciona uma oportunidade estimulante para aqueles que aspiram contribuir para as matérias financeiras e económicas do país, desempenhando um papel crucial na gestão dos recursos públicos e na orientação das políticas financeiras. Poderá consultar as oportunidades na BEP ou alternativamente aqui.





Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.