A Fundação Calouste Gulbenkian está a aceitar candidaturas

A Fundação Calouste Gulbenkian é uma instituição portuguesa sem fins lucrativos criada com bens do mecenas Calouste Gulbenkian a partir de disposição testamentária. 


A Administração da Fundação está confiada a um Conselho formado por um mínimo de três e um máximo de nove administradores. Atualmente, o Conselho é composto por seis membros executivos, dos quais um é Presidente, e ainda por dois administradores não executivos. Sendo a Fundação uma instituição portuguesa e atuando sob legislação do país, a maioria dos membros do Conselho deve ter nacionalidade portuguesa. Os mandatos dos administradores são de cinco anos. As vagas do Conselho são preenchidas por cooptação de todos os seus membros.

José de Azeredo Perdigão foi o primeiro presidente da Fundação Calouste Gulbenkian, desde julho de 1956 até à data da sua morte, em setembro de 1993. Pode dizer-se que aquilo que Calouste Gulbenkian idealizou, Perdigão concretizou, razão pela qual o seu nome ficará para sempre associado à Fundação.

Nascida em 1956 como uma fundação portuguesa para toda a humanidade, destinada a fomentar o conhecimento e a melhorar a qualidade de vida das pessoas através das artes, da beneficência, da ciência e da educação. Se gostavas de fazer parte da sua equipa podes fazer a tua candidatura na página de recrutamento.

Também pode interessar:

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.