Força Aérea Portuguesa abriu novo concurso e conta com mais de 400 vagas

Resultado de imagem para força aerea portuguesa

A Força Aérea Portuguesa (FAP) abriu novo concurso.


Tornou-se público que se encontra aberto o concurso para a admissão aos Cursos de Formação de Praças do Regime de Contrato da Força Aérea (CFP/RC) de 2022, com destino à categoria de praças do regime de contrato (RC) da Força Aérea. Todos os atos administrativos praticados no âmbito do presente concurso só produzem efeitos a partir do momento em que seja publicado o despacho conjunto dos membros do Governo responsáveis pelas áreas das finanças e da defesa nacional, nos termos do n.º 4 do artigo 44.º do EMFAR, com as alterações que lhe foram introduzidas pela Lei n.º 10/2018, de 2 de março, conjugado com o n.º 4 do artigo 3.º do Decreto -Lei n.º 6/2022, de 7 de janeiro, que fixa o número de vagas para admissão, durante o ano de 2022, de cidadãos para prestação voluntária de serviço militar efetivo em RC na Força Aérea.


 Este concurso tem a seguinte calendarização:
  • Até 1 de abril de 2022, receção de candidaturas ao concurso;
  • Até 28 de abril de 2022, publicação dos projetos de listas de seriação e de candidatos
  • excluídos nas provas de classificação e seleção;
  • Em 13 de maio de 2022, publicação das listas de seriação e de candidatos excluídos;
  • Em 16 de maio de 2022, incorporação.
  • Com exceção da data de receção de candidaturas ao concurso, as datas referidas no
  • parágrafo anterior não se revestem de caráter vinculativo.

Candidaturas:
  • Poderá consultar toda a informação acerca da mesma e até mesmo efetuá-la no site oficial da Força Aérea Portuguesa.

Uma força aérea é, em sentido lato, o ramo aéreo das forças armadas de uma nação, estando encarregue de conduzir a guerra aérea. As forças aéreas de alguns países são oficialmente designadas com termos alternativos como "aeronáutica militar", "exército do ar", "arma aérea" ou "corpo aéreo".

Em sentido restrito, o termo "força aérea" (neste caso, referida como "força aérea tática" ou "força aérea numerada") também se pode referir a uma grande unidade aérea, dentro de uma força aérea nacional.

Tipicamente, as forças aéreas são responsáveis pela operação de uma combinação de caças, caça-bombardeiros, bombardeiros, helicópteros, aviões de transporte e outras aeronaves. Algumas forças aéreas também são responsáveis pela operação de equipamentos aerospaciais e de mísseis balísticos intercontinentais. Outras são também encarregues da operação de armas de defesa antiaérea baseadas no solo, como canhões antiaéreos, mísseis terra-ar ou mísseis antibalísticos.

As forças armadas de alguns países dispôem - em vez de um - de dois ramos aéreos independentes: um exclusivamente responsável pelas operações de defesa aérea (força de defesa aérea) e o outro responsável pelas restantes operações da guerra aérea (força aérea propriamente dita). Por outro lado, os ramos navais e terrestres das forças armadas de muitos países dispõem de componentes aéreas próprias, destinadas a prestarem-lhes apoio direto.

A FAP tem como missão cooperar, de forma integrada, na defesa militar da República, através da realização de operações aéreas, e na defesa aérea do espaço nacional. Compete-lhe, ainda, satisfazer missões no âmbito dos compromissos internacionais.




Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.