Galp: Novas oportunidades nos seus postos de abastecimento

Galp é um grupo de empresas portuguesas no setor de energia. 



É detentora da Petrogal e da Gás de Portugal, sendo hoje um grupo integrado de produtos petrolíferos e gás natural, com atividades que se estendem desde a exploração e produção de petróleo e gás natural, à refinação e distribuição de produtos petrolíferos, à distribuição e venda de gás natural e à geração de energia elétrica. Atualmente está entre as maiores empresas de Portugal, controlando cerca de 50% do comércio de combustíveis neste país e a totalidade da capacidade refinadora de Portugal. Recentemente adotou uma estratégia agressiva de expansão no mercado de retalho espanhol e prossegue as suas actividades de exploração de hidrocarbonetos no Brasil em parceria com a Petrobras e a Partex e em Angola no consócio com a Sonangol.

A Petrogal é uma empresa portuguesa de refinação, detida pela Galp, constituída em 1976 por fusão da Sonap, Sacor, Cilda e Petrosul nacionalizadas em 1975. Em 1981 a empresa atingiu um volume de vendas de 160 biliões de escudos sendo, quanto ao volume de vendas, a maior empresa de Portugal. possuindo duas refinarias, Sines e Leça da Palmeira. Em 2020, a Galp anunciou que vai acabar em 2021 com a refinação em Matosinhos, concentrando as operações de refinação e desenvolvimentos futuros no complexo de Sines.

A Petrogal é a principal exportadora portuguesa com maior impacto no PIB.



Requisitos em algumas das vagas:
- Auto organização
- Ambição
- Honestidade
- Idade superior a 18 anos
- Boa apresentação
- Simpatia
- Postura comercial 
- Habilitações mínimas 9º Ano; 
- Dinamismo, capacidade de comunicação e orientação para o cliente são características essenciais para o desenvolvimento da função; 
- Disponibilidade para trabalho por turnos; 
- Pontualidade e assiduidade; 
- Experiência em 
cargos semelhantes ou com aptidão para o atendimento ao público serão valorizados. 

 

No pós-25 de Abril, estas empresas, mais a Gás de Lisboa (que era independente) foram nacionalizadas, tendo os seus negócios ultramarinos sido entregues às ex-colónias, e com o restante sido criado a Petrogal (petróleo) e a Gás de Portugal (gás). Estas viriam a ser transformadas em sociedades anónimas e viria a ser criada uma sociedade de gestão de participações sociais (SGPS), a Galp, que viria a ser privatizada. Em 2005, a Portgás (negócios de gás natural no norte litoral de Portugal) foi vendida à EDP.

Os principais acionistas com participações qualificadas são: a Amorim Energia, B.V. com 38,34%, e a Parpública com 7%. Poderá consultar as oportunidades de momento em aberto no site oficial de recrutamento desta empresa, ou aqui.





Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.