Ministério da Educação encontra-se com novas oportunidades 4º ano ao ensino superior - Última Hora

Ministério da Educação encontra-se com procedimentos por mobilidade, procedimento concursal comum, e procedimento para cargo de direção em aberto.


O Ministério da Educação é o organismo do Governo de Portugal responsável pela execução das políticas relativas às componentes pedagógica e didática da educação pré-escolar, dos ensinos básico e secundário e da educação extra - escolar e de apoio técnico à sua formulação, incindindo, sobretudo, nas áreas do desenvolvimento curricular, dos instrumentos de ensino e avaliação e dos apoios e complementos educativos.

O funcionário público é todo aquele empregado de uma administração pública. Sendo uma designação geral , engloba todos aqueles que mantêm vínculos de trabalho com entidades governamentais, integrados em cargos ou empregos das entidades político-administrativas, bem como em suas respectivas autarquias e fundações de direito público, ou ainda, é uma definição a todo aquele que mantém um vínculo de emprego com o Estado, e seu pagamento provém da arrecadação pública de impostos. Geralmente é originário de concurso público.


Caracterização do posto em algumas oportunidades que geralmente são encontradas na área (4º e 9º ano de escolaridade):

  • Exercer as tarefas de atendimento e encaminhamento dos utilizadores das escolas e controlar as entradas e saídas da escola;
  • Prestar informações, utilizar equipamentos de comunicação, incluindo estabelecer ligações telefónicas, receber e transmitir mensagens;
  • Providenciar a limpeza, arrumação, conservação e boa utilização das instalações, bem como do material e equipamento didático e informático necessário ao desenvolvimento do processo educativo;
  • Exercer atividades de apoio aos serviços de ação social escolar, laboratórios, refeitório, bar e bibliotecas escolares, de modo a permitir o seu normal funcionamento;
  • Reproduzir documentos com utilização de equipamento próprio, assegurando a sua manutenção e gestão de stocks necessários ao seu funcionamento;
  • Participar com os docentes no acompanhamento das crianças e jovens com vista a assegurar um bom ambiente educativo;
  • Cooperar nas atividades que visem a segurança de crianças e jovens na escola;
  • Prestar apoio e assistência em situações de primeiros socorros e, em caso de necessidade, acompanhar a criança ou o aluno à unidade de prestação de cuidados de saúde;
  • Efetuar, no interior e exterior, tarefas de apoio de modo a permitir o normal funcionamento dos serviços.
  • Atendimento e encaminhamento dos utilizadores da escola;
  • Prestação de informações e controlo de entradas e saídas das escolas;
  • Zelar pela boa utilização do material e equipamentos da escola;
  • Cooperar nas atividades que visem a segurança das crianças;
  • Efetuar todo o apoio nas tarefas para o normal funcionamento dos serviços;


Caracterização do posto em algumas oportunidades que geralmente são encontradas na área (12º ano de escolaridade):

  • Participar com os docentes no acompanhamento das crianças e jovens durante o período de funcionamento da escola, com vista a assegurar um bom ambiente educativo;
  • Participar em ações que visem o desenvolvimento pessoal e cívico das crianças e jovens e favorecer um crescimento saudável; 
  • Exercer tarefas de apoio a atividade docente de âmbito curricular e enriquecimento do currículo;
  • Exercer tarefas de enquadramento e acompanhamento das crianças e jovens, nomeadamente no âmbito da animação socioeducativa e de apoio à família; 
  • Cooperar com os serviços especializados de apoio educativo; 
  • Prestar apoio específico a crianças e jovens portadores de deficiência; 
  • Exercer tarefas no domínio da prestação de serviços de ação social escolar; 
  • colaborar no despiste de situações de risco social, internas e externas, que ponham em causa o bem-estar das crianças e jovens da escola; 
  • Cooperar nas atividades que visem a segurança das crianças e jovens na escola; 
  • Prestar apoio e assistência em situação de primeiros socorros; 
  • Exercer tarefas de atendimento e encaminhamento de utilizadores da escola; 
  • Providenciar a conservação e boa utilização das instalações, bem como do material e equipamento didático necessário ao desenvolvimento do processo educativo; 
  • Zelar pela conservação e higiene ambiental dos espaços e instalações à sua responsabilidade, numa perspetiva pedagógica e cívica.
  • Atender e encaminhar os utilizadores da escola; 
  • Controlar as entradas e as saídas da escola; 
  • Prestar apoio específico a crianças e jovens portadores de deficiência; 
  • Cooperar nas atividades que visem a segurança das crianças na escola e no transporte escolar;
  •  Assegurar a limpeza, arrumação, conservação e boa utilização das instalações, bem como do material e equipamento didático e informático necessário ao desenvolvimento do processo educativo; 
  • Assegurar a manutenção do espaço exterior, tornando -o agradável e seguro; 
  • Prestar apoio e assistência em situações de primeiros socorros e, em caso de necessidade, acompanhar a criança a unidades de prestação dos primeiros cuidados de saúde; 
  • Estabelecer ligações telefónicas, prestar informações, receber e transmitir mensagens no âmbito da atividade escolar que caiba nas suas competências; 
  • Contribuir para a plena formação, realização, bem-estar e seguranças das crianças; 
  • Contribuir para a correta organização dos estabelecimentos de educação e assegurar a realização e o desenvolvimento regular das atividades neles prosseguidas; 
  • Respeitar, no âmbito do sigilo profissional, a natureza confidencial da informação relativa às crianças e respetivos familiares e encarregados de educação; 


Caracterização do posto em algumas oportunidades que geralmente são encontradas na área (Ensino Superior):

  • Dar apoio na oficina de design os alunos no fabrico dos seus protótipos e maquetes;
  • Zelar pelo funcionamento da oficina no que toca à operação, manutenção e conservação de maquinaria existente, bem como de ferramentaria auxiliar;
  • Cumprir e fazer cumprir as normas de higiene e segurança, de forma a prevenir riscos na Oficina de Design;
  • Acompanhar o processo de aquisição de matérias-primas, consumíveis, peças e equipamentos para a oficina de design, bem como controlar a qualidade das matérias-primas recebidas;
  • Realizar inventários de materiais, peças e equipamentos/maquinaria do curso;
  • Operar máquinas para trabalhar madeira, metais, polímeros e cerâmica;
  • Programar e operar máquinas CNC;
  • Colaborar no desenvolvimento de estudos e projetos de adaptação de sistemas e equipamentos para melhoria da sua eficiência e prevenção de avarias;
  • Supervisionar a requisição de pequenas ferramentas manuais e elétricas e maquinaria da oficina de Design.
  • Zelar pelo bom funcionamento dos equipamentos, detetar e diagnosticar anomalias.
  • Identificar necessidades de material e ferramentas de apoio à oficina de design e utilizar os procedimentos adequados com vista à sua reposição;
  • Operar maquinaria de impressão 2D de pequeno e grande formato, maquinaria de vinil corte, maquinaria de impressão 3D, bem como proceder à gestão e substituição dos seus consumíveis.
  • Dar apoio ao curso na organização de exposições e outros eventos.
  • Assegurar a organização e execução de atividades inerentes ao curso de design;
  • Colaborar no design gráfico para a difusão, apresentação e identificação dos eventos institucionais, através dos equipamentos e instrumentos aplicáveis disponíveis na sua área de atuação;
  • Executar outras tarefas conforme necessidade do serviço e orientação superior, entre outras que lhe possam ser exigidas dentro das suas competências e no âmbito do conteúdo funcional de técnico superior, às quais corresponde o grau de complexidade 3.

 

O Sistema Educativo em Portugal é regulado pelo Estado através do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. O sistema de educação público é o mais usado e melhor implementado, existindo também escolas privadas em todos os níveis de educação.

Em Portugal, a educação é iniciada obrigatoriamente para todos os alunos no ano em que completam 6 anos de idade. A escolaridade obrigatória termina quando o aluno fizer 18 anos (12º ano de escolaridade).

As ofertas estão disponíveis no portal do BEP (Bolsa de Emprego Público) que tem como objetivo construir-se como uma base de informação que permita simplificar e dar mais transparência aos variados processos de recrutamento da administração pública.






Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.