Polícia Judiciária divulgou a abertura de novo concurso para integrar os seus quadros.

Novo concurso em aberto na Polícia Judiciária.


Com mais de setenta anos de história, a PJ é reconhecida pela sua vasta experiência na resolução de casos complexos e pela colaboração estreita com outras entidades policiais e judiciais. A sua abrangência estende-se por todo o território nacional, contando com unidades especializadas em diversas áreas.

A principal missão da PJ é investigar crimes e reunir provas para a instrução dos processos judiciais. Para tal, conta com uma equipa de inspetores altamente qualificados, muitos dos quais possuem formação académica especializada em áreas como direito, criminologia e ciências forenses. Estes profissionais trabalham em estreita colaboração com peritos forenses, analistas e outros especialistas para garantir a eficácia das investigações.


Funções a exercer em alguns dos concursos (Apanhado geral sumário de ofertas geralmente encontradas na área):

  • Realização de atos de inspeção, como pesquisa, recolha, acondicionamento e tratamento de prova digital, utilizando procedimentos técnico-científicos e garantindo a custódia da prova, em apoio direto à investigação criminal, sem prejuízo da sua autonomia técnica e científica;
  • Execução de exames de recolha de prova digital, recorrendo a procedimentos técnico-científicos e garantindo a custódia da prova, em apoio direto à investigação criminal, sem prejuízo da sua autonomia técnica e científica;
  • Realização de exames ou perícias e elaboração dos respetivos relatórios, na área da informática forense;
  • Prestação de assessoria técnica e científica nas áreas pericial e tecnológica.
  • Prática de atos processuais, bem como outras tarefas afins ou funcionalmente ligadas, superiormente determinadas no âmbito de competências.


A PJ desempenha um papel crucial na manutenção da ordem e segurança, contribuindo para a prevenção e repressão da criminalidade. É uma instituição respeitada, tanto a nível nacional como internacional, participando ativamente em redes internacionais de cooperação policial e judicial, colaborando com as autoridades de outros países na investigação de crimes transnacionais e na extradição de suspeitos.



Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.