Alguns Jardins de infância precisam de pessoal e basta o 9º ano de escolaridade - Última Hora

Alguns Jardins de Infância precisam de mais colaboradores nos seus quadros já em Maio.


Trabalhar em jardins de infância pode ser uma experiência gratificante para quem tem o 9º ano de escolaridade. Este setor oferece oportunidades de emprego para auxiliares de educação e educadores de infância, permitindo que os profissionais desempenhem um papel fundamental no desenvolvimento e bem-estar das crianças em idade pré-escolar.


Os jardins de infância desempenham um papel crucial no desenvolvimento das crianças, fornecendo um ambiente seguro e estimulante onde podem aprender, brincar e crescer. Os profissionais que trabalham neste contexto têm a oportunidade de criar vínculos afetivos com as crianças, ajudando-as a desenvolver habilidades sociais, emocionais, cognitivas e motoras.


Perfil para algumas das vagas:
  • Fortes competências para colaborar em equipa, especialmente em ambientes multiculturais.
  • Excelentes habilidades de comunicação e relacionamento interpessoal.
  • Valorização de características como dinamismo, autonomia, criatividade e versatilidade.
  • Sentido de responsabilidade, demonstrado através de pontualidade e assiduidade.
  • Capacidade eficaz para trabalhar em equipa, combinando colaboração e autonomia.

Oferta em algumas das vagas:
  • Horário das 07h40 às 16h40, com intervalos para descanso, incluindo uma sesta.
  • Remuneração competitiva, variando entre 892€ e 952€, de acordo com a função.
  • Possibilidade de integração numa empresa internacional em fase de crescimento.


Para quem tem o 9º ano de escolaridade, existem várias oportunidades de trabalho em jardins de infância como auxiliares de educação. Estes profissionais colaboram com os educadores de infância na implementação de atividades pedagógicas, na organização do espaço, na promoção da higiene e segurança das crianças, entre outras tarefas de apoio.

Embora não seja necessário ter formação específica de nível superior, é importante que os auxiliares de educação tenham competências como paciência, empatia, criatividade e capacidade de comunicação, essenciais para lidar com as necessidades e desafios das crianças em idade pré-escolar. Poderá consultar oportunidades aqui.






Partilhe para ajudar quem precisa!

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.