Metro de Lisboa: Novas oportunidades e 12º ano é um dos requisitos mínimos

Novas oportunidades no Metro de Lisboa.


O Metropolitano de Lisboa, é o sistema de metropolitano da cidade de Lisboa.

Em 2004, a rede do Metropolitano de Lisboa ultrapassou pela primeira vez os limites administrativos do concelho de Lisboa: enquanto a Linha Amarela alcançou a estação de Odivelas, a Linha Azul atingiu os nós de Alfornelos e da Amadora Este. Doze anos depois, em 2016, esta última linha foi novamente prolongada, agora para a estação da Reboleira.

Este facto levou à criação de um novo tarifário que dependia de zonas, até então desnecessário. Foi estabelecido um sistema de “coroas urbanas”, ficando Lisboa na Coroa L e as novas estações numa coroa adicional, fora da primeira, denominada Coroa 1. Desta forma, um passageiro que viajasse na Linha Azul na direção Santa Apolónia - Reboleira, ou vice-versa, teria de comprar um bilhete de duas zonas, se passar para lá da estação da Pontinha. O mesmo sucedia na Linha Amarela, no sentido Rato - Odivelas, ou vice-versa, se passasse para lá do nó do Senhor Roubado.

Em 1 de fevereiro de 2012, as “coroas” passaram a aplicar-se apenas nos passes urbanos. A sua aplicação foi abandonada nos bilhetes simples, passando a cobrar-se um único valor, independentemente de o utilizador viajar ou não além da Coroa L.


Funções a exercer em algumas oportunidades (Apanhado Geral das oportunidades encontradas):

  • Colaborar na elaboração e revisão de projectos de via-férrea, bem como no planeamento e acompanhamento de empreitadas de via. 
  • Manutenção preventiva e corretiva, garantindo as condições de operacionalidade dos equipamentos e seus componentes, efetuando intervenções de natureza elétrica ou mecânica, respeitando os procedimentos no âmbito da Qualidade, Segurança e Ambiente.
  • Assistência aos clientes e com o funcionamento das estações, respeitando os procedimentos em vigor
  • Abertura e encerramento das estações, controlo de acessos e vigilância e supervisão das instalações e dos equipamentos;
  • Informação e assistência aos clientes na utilização do sistema de transportes e venda e controlo local de títulos de transporte;
  • Prestar apoio operacional à circulação.


Os candidatos deverão satisfazer as seguintes condições (Apanhado Geral das oportunidades encontradas):
    • 12º Ano de escolaridade ou formação profissional equivalente na área de eletrónica (eletrónica e telecomunicações ou em eletrónica, automação e comando).
    • Experiência de trabalho em ambiente industrial em funções similares;
    • Capacidade para ler e interpretar esquemas e diagramas eletrónicos, normas e instruções técnicas;
    • Capacidade de detecção e análise de avarias;
    • Experiência de utilização de aparelhos/equipamentos de medida;
    • Conhecimentos de informática na óptica do utilizador;
    • Conhecimentos de inglês falado e escrito;
    • Facilidade de adaptação a novas situações e capacidade de trabalho em equipa.
    • Licenciatura em Engenharia Civil com especialização em infraestruturas ferroviárias ou vias de comunicação;
    • Experiência profissional em obras ferroviárias, trabalhos de via e de construção civil; (preferencial)
    • Ter conhecimento de projeto de via para sistemas ferroviários, bem como da legislação portuguesa em vigor e da regulamentação aplicável;
    • Conhecimentos de AutoCAD e dos equipamentos específicos para os trabalhos de plataforma e via, de acordo com as melhores práticas atuais;
    • Preferencialmente com conhecimentos em inglês, falado e escrito;
    • Elevada capacidade de trabalho em equipa e de coordenação na sua competência técnica;
    • Elevado sentido de rigor, responsabilidade, iniciativa, sentido crítico e analítico;


                      As 10 estações com maior movimento de passageiros em 2017 totalizaram 128,5 milhões de validações, representando um crescimento de 5% (6,1 milhões de validações), face às 10 estações com maior movimento em 2016. Todas estas estações apresentaram crescimentos face ao ano anterior, destacando-se as estações Colégio Militar / Luz e Cais do Sodré com acréscimos de 9% e 7% respetivamente. Poderá obter mais informações no site oficial do Metro de Lisboa.






                      Partilhe para ajudar quem precisa!

                      Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

                      IMPORTANTE: Todas as informações presentes neste anúncio são verdadeiras à data da publicação do anúncio. Informamos que as mesmas podem ter sofrido alterações.